SET e TRINTA: Soluções híbridas de transmissão e IP são apontadas como tendência na distribuição e no gerenciamento de conteúdos

Marcio Assis Brasil, diretor de vendas da Intelsat no Brasil, apresentou o case “Plataforma Híbrida de IP IntelsatOne Prism” aos congressistas do SET e TRINTA 2016 e fez um diagnóstico das contribuições do IP às transmissões satelitais e terrestres de sinal de TV.

“O mundo está mudando, não é a televisão que mudou. Os seus consumidores mudaram e, então, precisamos adaptar algumas coisas nas estruturas de contribuição e distribuição televisiva”, introduziu o palestrante, antes de explicar como funciona o IntelsatOne Prism.

IntelsatEm parceria com a Newtec, a solução híbrida de IP da Intelsat permite conexão à Internet High Throughput, IP, Two-way, anywhere to anywhere, além de fornecer suporte para multiscreen e triple-play, explicou Brasil.

O executivo afirmou, ainda, que, com a plataforma, é possível ter sinal de vídeo e de áudio em caráter ocasional, ou realizar produção remota. Assim, esta plataforma IP de distribuição de conteúdo e de serviços gerenciados está integrada com a rede de satélites e a rede terrestre da IntelsatOne.

Desta maneira, os clientes podem realizar múltiplas transmissões de conteúdo incluindo vídeo linear, transmissão de arquivos, VoIP, acesso à Internet e transmissão de dados na mesma plataforma, possibilitando que implementem uma rede digital e que – com pequeno investimento – utilizem os equipamentos que já possuem. “Isso simplifica a operação da rede”, segundo Márcio Brasil.

“O serviço pode ser contratado em caráter ocasional ou full-time, por exemplo, em um evento esportivo, em que oferecemos transmissão via internet ou via fibra para produções remotas”, detalhou.

Ele também explicou como pode ser realizada a contribuição via IP para entregar conteúdos para CDN, VoD e OTT, aplicações que estão bastante restritas.  Antes de encerrar, o palestrante avançou para uma solução que possa ser utilizada por uma emissora e por suas afiliadas e mostrou como, a partir de uma solução full time, é possível definir conexões para comunicação com as afiliadas e entre elas.

“É possível transformar a rede legada para uma rede IP e simplificar a sua rede, porque nela terá vídeo, voz e dados mediante a utilização de uma única solução”, finalizou.

Acompanhe todas as palestras na Revista da SET.

Veja mais na edição especial da Revista da SET de Abril de 2016

 

Transmissão ao vivo desde a NAB 2016

A Revista da SET, acompanhando as tendências tecnológicas inovadoras, irá utilizar o aplicativo Periscope, que possibilita transmissão de áudio e vídeo em tempo real, em sua cobertura no Congresso da NAB e NabShow diretamente de Las Vegas nos Estados Unidos.

Para poder acompanhar as transmissões o interessado deverá adquirir gratuitamente o aplicativo em sua loja IOS ou GooglePlay.

Outra forma de acompanhar é seguir a conta do Twitter da revista: @Revistadaset, pois assim a cada início de transmissão uma notificação será enviada para o usuário.

 

Por Fernando Moura e Francisco Machado Filho em Las Vegas. Edição em São Paulo, Gabriel Cortez

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s