Fluxo de sinal híbrido em Banda Base SDI e Roteamento em IP: um desafio da indústria e da engenharia broadcast

emersonEmerson José Weirich (EBC/SET) abriu as palestras da tarde do primeiro dia do SET Norte 2015. Ele explicou as estruturas IP na TV e como elas estão mudando a engenharia das emissoras.

A aula/palestra trabalhou as evoluções das infraestruturas da engenharia da TV com as instalações “Stand Alone” passando dos “Workstations na década de 1990 aos dias de hoje, com plataformas integradas a partir de 2010, com infraestruturas internas de transmissão e de distribuição”.

Ele explicou as topologias de sinal em plantas futuras de broadcast, afirmando que “a padronização é um dos desafios do momento da indústria”, e que “a nuvem é o desafio do momento. O desafio é entender que a informação está em todo lugar mediante a conexão a diferentes dispositivos que podem ser dominados através do Big Data e que, com o relacionamento humano nas redes sociais, gera comunicação direta entre os indivíduos”.

Para o diretor da SET Regional Centro-Oeste, as “mudanças nos processos de negócios vão forçar as transformações nos processos” que “remodelaram as empresas” para que estas possam “trabalhar em multiplataformas onde os diferentes dispositivos se “tornam terminais que acessam serviços ou armazenamentos em servidores conectados à Internet. Esses servidores podem estar fisicamente em qualquer lugar da nuvem. Não sabemos onde estão, mas o armazenamento digital cada vez mais tende a zero”.

Uma vez explicado isso, Weirich avançou sobre a migração de tráfego SDI para IP, analisou o que impulsiona a mudança nas instalações SDI atuais das emissoras, assumindo que estamos no momento correto para desenvolver o roteamento de vídeo em IP que funcione com qualidade. Desta forma, como projetar uma rede de fluxo de sinal híbrido em banda base SDI e roteamento em IP, isso porque, segundo Weirich, é possível utilizar SDNs em estruturas de vídeo broadcast.

Ainda explicou as diferencias entre o mercado IP e a Lei de Moore, afirmando que a cada dois anos a capacidade dos dispositivos digitais dobra. Ele disse que os roteadores Ethernet crescem a velocidade de Moore, e a tecnologia de roteadores de vídeo SDI tem uma aceleração menor, o que acontece porque em termos de mercado, os primeiros crescem em escala econômica mundial” e os virados a broadcast, é menor, porque “quanto mais especifico é o produto para o mercado broadcast, mais caro ele é”. Assim, ele disse que o “uso de COTS (Comercial Off-The-Shelf System) do TI ajuda a abaixar os preços”.

A migração para IP, se “for para vídeo HD, o cabo coaxial chega bem. Agora, se há edição em 3D. HDTV ou 4K, a banda não chega e, nesse ponto, começam os problemas. Com o IP é possível agregar banda virtualmente para novos formatos UHD (4K, 8K etc) e virtualizou a rede. A tendência de futuro é o IP, é criar sistemas cada vez mais virtualizados que, com certeza, vão trazer problemas. Já não vemos o vídeo. De todas formas, para hoje, a tendência a médio prazo é um mundo híbrido entre SDI e IP”.

Assim, Weirich afirmou que a atividade que o profissional de radiodifusão terá que ser “híbrida, ou seja, entender de processos de qualidade e de processos de TI. Assim, os primeiros serão os mais importantes, que terão que entender de processo da produção de TV – vídeo, lentes, monitorização, automação, distribuição -que não existem nos processos de TI. Porque precisamos de um profissional que saiba de TI e de radiodifusão”.

SET Norte 2015 é transmitido ao vivo:


Para assistir ao vivo

Endereço para Iphone/Ipad

SET NORTE 2015Seminário de Tecnologia de Broadcast e Novas Mídias Gerenciamento, Produção, Transmissão e Distribuição de Conteúdo Eletrônico Multimídia, terá importantes palestras, com destaque para o desligamento da TV Analógica, migração das AMs para a faixa FM, 4K, infraestruturas IP e interiorização da TV Digital, serviços satelitais, normas e regulações, entre outros

O seminário se realiza das 9h às 18h (horário de Manaus – duas horas a menos que o horário de Brasília) no Studio 5 Centro de Convenções – Av. Rodrigo Otávio, 3.555 – Distrito Industrial – Manaus – AM. O evento é realizado pela SET e a Fundação Rede Amazônica.

Por Fernando Moura, Manaus (AM)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s