Começou o SET Sudeste 2015

CalderonSudesteComeçou no Auditório da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, no Centro de Convenções Bolsa do Rio, o SET Sudeste 2015, o último evento regional da SET do ano. As primeiras palavras foram de José Cristovam (SET/Unisat), que agradeceu aos patrocinadores, palestrantes e participantes de um “evento com três dias intensos de trabalho que fecharão o ano”.

A primeira palestra do Regional esteve a cargo de Ricardo Calderon (Eutelsat), que explicou aos presentes como a empresa “pode contribuir para a distribuição da programação das emissoras de televisão brasileiras em âmbito nacional e internacional”.

Ele disse que o Brasil passa por dois grandes desafios: o primeiro é o do desligamento analógico e a migração para sinais digitais, que demandará capacidade para distribuição da programação pois, segundo ele, “em muitos municípios será inviável utilizar o meio terrestre, com rádio ou fibra”; o segundo desafio é a “previsão do crescimento no número de canais HD, que irá mais que dobrar em 5 anos e demandará mais capacidade”.

publicosudesteNesse sentido, Calderon afirmou que a empresa “disponibilizará capacidade adicional de segmento espacial sobre o Brasil com o lançamento do satélite Eutelsat 65 West A, que estará numa posição orbital brasileira com direito de exploração concedido a duas operadoras de satélites, em uma posição tradicional e consolidada para aplicações de vídeo no mercado brasileiro; com uma ampla abrangência que engloba toda a faixa da banda C e Ku (padrão e planejada), além da banda Ka; excelente visibilidade para todas as capitais brasileiras com ângulo de elevação superior a 50 graus.

Calderon trouxe alguns exemplos clássicos de cálculos de enlaces com um estudo de caso sobre uma transmissão de 1 canal digital em HD com 10 Mbps, e outra de uma transmissão de 1 canal digital em HD com 12 Mbps.

Ainda explicou o conceito de Banda C planejada e quais as principais funcionalidades e benefícios desta, com destaque para um “menor nível de interferência de satélite adjacente (ASI), e ser menos suscetível a interferência terrestre devido a maior distância da faixa de operação do WIMAX em 3.5GHz”, e, na banda Ku, a possibilidade de ter “disponibilidade de espectro para novos satélites”.

O SET Sudeste 2015, Seminário de Tecnologia de Broadcast e Novas Mídias Gerenciamento, Produção, Transmissão e Distribuição de Conteúdo Eletrônico Multimídia, se realiza no Auditório da Bolsa do Rio – Centro de Convenções Bolsa do Rio, na Praça XV de Novembro 20, Rio de Janeiro de 24 a 26 de novembro de 2015.

Veja a programação completa do SET Sudeste em:

http://www.set.org.br/eventos_regionais_sudeste.asp?ano=2015

Por Fernando Moura, no Rio de Janeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s