Capex vs Opex: quando vale a pena o investimento

Da virtualização na palestra anterior, Alex Santos (Seal Broadcast & Content) passou para as formas de investimento e para a discussão sobre como as emissoras preservam as suas infraestruturas. A palestra começou perguntando aos presentes quem possui “Disaster Recovery, que é a reconstrução de conteúdos destruídos em casos de desastre”. Santos explicou como ele é importante, já que pode ser de muita utilidade na altura de um problema sério. “Alguém possui?”, disse. A resposta da plateia foi clara: “não!”

Alex Santos

Alex Santos

Assim, a palestra “CAPEX vs OPEX – A realização de projetos em tempos adversos” mostrou as vantagens e desvantagens na escolha do melhor modelo para o desenvolvimento de um negócio/projeto com inovação e a melhor relação custo-benefício.

Isso porque, segundo Santos, existem projetos em que se justifica o gasto com o Opex. “Porém há outros que ainda não”, disse. “Depende do momento e da situação da empresa, da rentabilidade, a questão é que a engenharia agora depende de outras áreas. Precisamos saber que os projetos têm de ser feitos de maneira paulatina, e não definitiva”.

Para o executivo, as emissoras devem passar de um sistema broadcast estático para “um sistema broadcast do futuro, um sistema flexível que será virtualizado, em rede, com base em software, geo diversificado, com hardware “commodity”, conduzido pela aplicação, automatizado, escalável, levemente integrado, confiável e seguro”.

Finalmente, Santos falou da nuvem, e sobre o que ela representa não só em termos de conteúdos, mas também na sua “segurança. A nuvem é fundamental. Independentemente do cenário atual do Brasil, pensamos numa maneira de fazer fora da caixa!”

O SET CENTRO-OESTE 2015, Seminário de Tecnologia de Broadcast e Novas Mídias Gerenciamento, Produção, Transmissão e Distribuição de Conteúdo Eletrônico Multimídia, terá importantes palestras, com destaque para o desligamento da TV Analógica, migração das AMs para a faixa FM, 4K, infraestruturas IP e interiorização da TV Digital, serviços satelitais, normas e regulações, entre outros. O encontro se realiza nos dias 6 e 7 de Outubro de 2015 em Brasília, Distrito Federal.

O seminário acontece das 9h às 17h no Centro de Convenções Brasil 21 – SHS Quadra 6, Bloco D – Asa Sul 70316-000  Brasília – DF – Brasil, e é realizado pela SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) com parceria institucional da ABERT e da EBC.

Confira a programação completa em:
http://www.set.org.br/eventos_regionais_centrooeste.asp?ano=2015

Por Fernando Moura, em Brasília

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s